ENTREVISTA: SOFI MARINOVA (BULGÁRIA 2012)!




Crónicas de Eurofestivais: Como começou a sua carreira?

Sofi Marinova: Quando tinha 14 anos, houve uma celebração em Etropole, a cidade em que nasci. Lembro-me que uma orquestra estava a tocar quando a minha mãe pediu-me para cantar uma canção. Eu cantei uma canção sérvia, porque naquele tempo, as músicas sérvias eram muito populares. As pessoas que andavam por ali pensavam “quem poderia cantar isto?” e ficaram apenas para me ouvir cantar. No fim, todos ficaram muito entusiasmados e eu recebi um grande aplauso. Senti-me muito especial.

CE: Quem são as suas inspirações do mundo da música, e que estilos musicais aprecia mais ouvir?


Sofi Marinova: Eu gosto de ouvir todos os géneros de música – Eu cresci com a Música Pop Búlgara e Lili Ivanova (a mais famosa cantora búlgara de sempre) continua a ser a minha cantora favorita. Também gosto de Pop/Folk, que é o género musical que gosto mais de cantar. Eu e o meu filho Lorenzo somos grandes fãs de Michael Jackson.

CE: Costuma seguir atentamente o Festival da Eurovisão? Tem sido um sonho seu representar o seu país neste mesmo festival? 

Sofi Marinova:  Claro que sim, sou uma grande fã da Eurovisão. Era mesmo o meu maior sonho cantar no palco da Eurovisão. Eu tentei representar a Bulgária no primeiro ano em que participámos, num dueto com Slavi Trifonov, com uma balada étnica chamada “Edinstveni”. Depois, em 2007, tentei novamente com o rapper Ustata. Até cantámos a nossa canção em russo na final, no ano em que Elitsa e Stoyan ganharam – Terminámos em 3º lugar. Agora estou feliz, participei novamente com uma canção extraordinária e finalmente ganhei! Sou a pessoa mais feliz neste momento!

 

CE: Qual foi a canção que a marcou mais na história da Eurovisão?

Sofi Marinova: Eu amo baladas – principalmente as minhas baladas. E essa é a razão pela qual também gosto das baladas eurovisivas. Lembro-me da Vânia Fernandes em 2008, ela visitou a Bulgária e eu gostei muito dela. Também gosto de Fado, é música para verdadeiros cantores, pois requer muita paixão, talento e técnicas. Também gosto das canções da Chiara de Malta, do Zeljko Joksimovic da Sérvia e de Hari Mata Hari da Bósnia & Herzegovina – e as suas magníficas baladas. Gosto da Elena Paparizou e da Ruslana. Gostei muito da canção búlgara “Voda” e claro, a nossa última canção “Na Inat”. Eu quase chorei quando vi a actuação da Poli. Ela fez-me sentir orgulhosa e agora espero que eu consiga uma melhor actuação ainda, porque nós precisamos de ser melhores e melhores.

CE: Sobre a sua canção, que nos pode dizer acerca dela? 


Sofi Marinova: A minha música chama-se “Love Unlimited”. Fala sobre o amor na sua forma mais pura – amar a sua mãe, amar o seu filho, a sua família, a sua pessoa especial, os seus amigos. Os compositores da música são Yasen Kozev e Krum Georgiev. O autor da letra foi Doni Vasileva. Eles sugeriram-me para cantar esta música, que é diferente das músicas que costumo cantar e eu pensei o que poderia fazer com esta música. Eu tive-a no telemóvel quase 6 meses até o meu produtor me propor a ideia de a enviar para a Eurovisão. Fiquei muito feliz, claro, porque vocês sabem, a Eurovisão é para mim um grande prazer.



CE: Sobre a sua apresentação em palco em Maio, tem alguma ideia já planeada?


Sofi Marinova: Nós estamos a trabalhar arduamente, juntamente com a minha equipa de estilistas, o meu director, toda a gente. Tenho muitas ideias, mas não vos posso contar, pois é segredo. Eu gostaria, mas desta vez estou proíbida de contar a quem me pergunta. Mas irá ser algo espetacular, mal posso esperar. O vídeo oficial também vai estar disponível muito em breve, e é sobre 5 histórias de amor. É um vídeo mesmo muito bonito. Sou como um símbolo do amor nele.

CE: Como se sentiria se a Bulgária fosse um dos 10 qualificados na semi-final 2? 


Sofi Marinova: Eu seria a pessoa mais feliz do mundo! Eu sonho com esse momento, e desejo mesmo que se torne realidade. Eu pelo a Deus todos os dias para fazer parte da grande final e ter sucesso na mesma. Levarei o meu filho comigo para Baku – ele tem 9 anos e vai ser o meu talismã. Ele dá-me muita sorte.


CE: Considere que vence a grande final do ESC 2012, o que isso significaria para si?


Sofi Marinova: Ficaria tão feliz se a Bulgária vencesse. Eu saltava até às estrelas e ficaria tão entusiasmada que até era capaz de chorar. Eu chorei quando ganhei na Bulgária, por isso imaginem se fosse lá, haha. Todos os búlgaros ficariam muito felizes se eu levasse a Eurovisão até Sofia. Vocês veriam como é bonito o meu país. Eu também sonho com esse momento e desejo que se torne realidade!

CE: Já ouviu alguma das outras canções em competição? Qual a sua favorita? 


Sofi Marinova: Ainda não tenho uma favorita – vou decidir depois dos ensaios, como toda a gente canta e o que fazem, e depois aí irei decidir para mim. Já vi os vídeos de todos os participantes na Internet, e existem muitas músicas boas, bastante diversas e interessantes. Eu espero que a melhor ganhe. O público decide aquela que gostar mais.

CE: O que acha da canção portuguesa (“Vida Minha” de Filipa Sousa)? 


Sofi Marinova: Eu vi os vídeos de todos os participantes, logo antes da final nacional e a Filipa impressionou-me. Ela esteve fabulosa e a sua canção é muito boa. E também gostei muito do seu vestido vermelho. Estamos na mesma semi-final, por isso, mal posso esperar para a conhecer em Baku.

CE: Depois da Eurovisão, tem alguns projectos?


Sofi Marinova: Penso que vou ter umas férias primeiros, com o meu filho. Nós amamos o nosso Mar Búlgaro. Estou muito ocupada agora e depois da Eurovisão, eu quero ser uma mãe normal durante uns tempos. Estou a preparar um novo álbum para o fim do ano. O meu novo vídeo com Usatata acabou de sair. Chama-se “Reji go na 2” e eu espero que vocês gostem.


CE: Gostaria de regressar um dia à Eurovisão?


Sofi Marinova: Claro que sim, se os meus fãs quiserem. Eu sei que eles iriam amar; a Eurovisão é o maior espectáculo musical do mundo. Se eu participar de novo, irei tentar com uma balada.

Vídeos: Alojados no YouTube

14/04/2012

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.