ENTREVISTA EXCLUSIVA: GAITANA (UCRÂNIA ESC2012)!




Crónicas de Eurofestivais: Como começou a sua carreira?

Gaitana: A minha carreira começou em 2001, quando assinei um contrato com a mais famosa editora ucraniana – Lavina Music. O meu produtor, Edward Klim, acreditou na minha música, no meu talento e viu que eu tinha grandes hipóteses de me tornar numa artista famosa. Estou muito grata com ele por isso. Eu irei sempre respeitar, apreciar e admirar essa pessoa. Devido à sua ajuda, eu consegui chegar às alturas. Primeiro, cantava em restaurantes e festivais de jazz, onde eu era convidada a cantar como corista. Mas isso não era suficiente… Quando assinei o contrato com a Lavina Music, a minha verdadeira carreira começou. Lembro-me do quão feliz quando gravei o meu primeiro vídeoclipe e realizei o primeiro álbum. Estou muito agradecida ao destino e a Deus por tudo isto ter acontecido. Já gravei e lancei cinco álbuns, assim como 20 videoclipes nos meus 10 anos de carreira, e tornei-me produtora e autora do album musical para crianças “Kukabarra”, que foi criado em conjunto com algumas das crianças mais talentosas da Ucrânia. Ganhei também alguns prémios, como por exemplo: o “Showbiz Award”, para a melhor Estrela Europeia, o “Ukrainian Music Award” para “Melhor Intérprete Feminina” e para “Melhor Álbum”, com o meu trabalho “Secret Desires”. Venci também quando fui nomeada no prémio “Star in Commercials”, com o video dirigido pela KyivStar, “Warmth of Words”.


Crónicas de Eurofestivais: Quem são as suas inspirações do mundo da música, e que estilos musicais aprecia mais ouvir?
Gaitana: Lembro-me que quando era criança, calcei os sapatos vermelhos da minha mãe, penteei o cabelo e cantei as minhas canções favoritas de Diana Ross com uma escova na mão e adorei. Esta artista tem-me sempre inspirado com a sua voz e música. Ela é genial e eu não consigo parar de repeti-lo. Quando o meu pai me presenteou com o primeiro album de Diana Ross, eu estava incrivelmente feliz. Também adoro Sade, D’angelo, Mary J., Estelle, Prince, Barbra Streisand.
Crónicas de Eurofestivais: Costuma seguir atentamente o Festival da Eurovisão? Tem sido um sonho seu representar o seu país neste mesmo festival?

Gaitana: Tenho seguido sempre a Eurovisão, mesmo não sendo propriamente uma fã. Às vezes não tenho oportunidade de ver o espetáculo inteiro, devido a específicas circunstâncias, mas as melhores performances, vejo sempre na internet. Dizendo a verdade, não era um sonho. Pelo contrário, foi até impulsivo. Quando a canção “Be My Guest” apareceu, eu percebi que ela não poderia existir em apenas um país. Tive o desejo de chamar toda a Europa para amizade. Preenchi o formulário de inscrição nos últimos momentos. Participei na final nacional e venci. Agora o meu sonho de unir o mundo inteiro tornou-se real – Vou implementar a ideia no palco do ESC 2012.
Crónicas de Eurofestivais: Qual foi a canção que a marcou mais na história da Eurovisão?

Gaitana: Acima de tudo, fiquei impressionada por Marija Šerifović, que venceu em 2007. A sua canção “Molitva” encantou-me completamente. Uma voz tão forte aliada a uma melodia inacreditável e abismal. Fiquei feliz por ter sido ela a vencer. A performance de Ruslana também permanece na minha memória. A sua canção “Dyki Tantsi (Wild Dances)” com a sua incrível energia, abismou toda a gente. Ela mexeu totalmente com a Eurovisão.

Crónicas de Eurofestivais: Sobre a sua canção, que nos pode dizer acerca dela?

Gaitana: Antes de tudo, eu quero partilhar o meu amor e a energia do meu coração com toda a Europa. A minha canção não foi espontânea. Eu tenho a intenção de convidar todo o mundo e a Europa a serem os nossos convidados. Desejo que todas as pessoas se tornem amigas e partilhem a sua felicidade e sorrisos uns com os outros. Em nome de todos os ucranianos, eu gostaria de dizer – queridos amigos, estamos à vossa espera. A história da criação da canção, é incrível.  No fim de 2011, conheci pessoas talentosas do “Kiwi-project”. Eles enviaram-me depois uma carta a dizer que tinham uma grande ideia para uma canção e acreditavam que eu deveria escrever a letra e compor a melodia para a mesma. Quando ouvi a composição, comecei a dançar logo nos primeiros segundos. Sentimentos inacreditáveis de alegria apareceram e as palavras “Be my guest” vieram à minha mente.



Crónicas de Eurofestivais: Sobre a sua apresentação em palco em Maio, tem alguma ideia já planeada?
Gaitana: No dia 14 de Maio, vou voar para o Azerbaijão, juntamente com a minha delegação. Iremos ficar 2 semanas em Baku. Existem tantos planos. Os horários são rígidos. Sobre a minha atuação, tenho intenções de impressionar toda a Europa. Não vou entrar em detalhes, mas posso dizer que todo o espetáculo irá ser criado pelos melhores diretores.

Crónicas de Eurofestivais: Como se sentiria se a Ucrânia fosse um dos 10 qualificados na semi-final 2? 
Gaitana: Para dizer a verdade, o meu objetivo principal é passar a mensagem da canção e a ideia da minha atuação. Os telespetadores devem decidir quem é o melhor e quem deve ser um dos 10 qualificados na semifinal. 

Crónicas de Eurofestivais: Considere que vence a grande final do ESC 2012, o que isso significaria para si? 
Gaitana: Acredito que primeiro temos de ganhar e depois responder a esta questão. Estou certa de que uma vitória trás felicidade a cada pessoa... 

Crónicas de Eurofestivais: Já ouviu alguma das outras canções em competição? Qual a sua favorita? 
Gaitana: Sigo os representantes do ESC 2012 com interesse. Acredito que os países serão representados por incrivéis e fantásticos artistas. Na minha opinião, a competição este ano será feroz. Adoro os representantes da Suécia e Lituânia e também tenho alguns favoritos – Loreen e Donny Montell. Além deles, a Nina da Itália tem uma excelente canção e outros artistas da Dinamarca, Albânia, Croácia, etc. Todos merecem atenção. 

Crónicas de Eurofestivais: O que acha da canção portuguesa (“Vida Minha” de Filipa Sousa)? 
Gaitana: A canção é muito bonita, voz emocionante e melodia encantadora. A Filipa Sousa é uma brilhante e fascinante cantora. 

Crónicas de Eurofestivais: Depois da Eurovisão, tem alguns projectos? 
Gaitana: Com certeza, muitos projetos. Este ano, a Ucrânia é o país organizador do Euro 2012. Este evento é incrivelmente importante para cada ucraniano. Devido ao facto de que sou uma “Official Friend of Euro 2012” e também autora de alguns hinos desportivos, estou muito ansiosa para que tudo aconteça. Este ano, depois do ESC 2012, planeio realizar o meu 6º album, que foi criado pelos melhores músicos e produtores musicais que já colaboraram com algumas das mais extraordinárias estrelas mundiais – Narada Michael Walden (Jeff Beck, Whitney Houston, Mariah Carey), Eric Daniels (Mariah Carey, Janet Jackson), Rob Hoffman (Christina Aguilera), Robert Dumper (Kenny G). O álbum foi gravado em São Francisco, Seattle e Los Angeles. Acredito que toda a gente irá amar o meu novo álbum.

 

Crónicas de Eurofestivais: Gostaria de regressar um dia à Eurovisão? 
Gaitana: Eu nem sei... Estou certa de que iria adorar tudo o que se passaria no Festival da Eurovisão da Canção. No entanto, eu tento sempre avançar, aconteça o que acontecer. A Eurovisão será o meu próximo passo e eu vou pensar nisso com um sorriso. Acredito que saibam que a primeira impressão e as primeiras emoções são as melhores, as mais doces. Quando se tenta repetir qualquer coisa ficamos desapontados, porque nada se repete duas vezes.



Vídeos: Alojados no YouTube / Imagem: Google
05/05/2012

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.