ESC 2013: Comentários ao quarto dia de ensaios




       Os últimos nove países da segunda semifinal subiram hoje ao palco, pela primeira vez.




       A canção da Grécia vive essencialmente da energia dos intérpretes nas suas atuações ao vivo, pelo que temos de ser cautelosos quando comentamos o ensaio da banda. Não creio que os Koza Mostra quisessem dar o máximo neste primeiro ensaio; limitaram-se apenas a testar os aspetos técnicos (som, luzes, câmaras). Acredito plenamente que no direto vai haver muito mais energia por parte do grupo. Ainda assim, destaco para já o final da atuação. Parece-me bastante forte e próximo de uma qualquer dança tradicional grega (já que o tema tem uma base étnica). Não sei ainda o que pensar do cenário, mas esperava outra coisa. Contudo, pode resultar bem em TV.


         A delegação de Israel parece depositar todas as suas esperanças na força da canção e nas (inegáveis) capacidades vocais de Moran. Contudo, confesso que me senti desiludido com o ensaio. Não é que haja algo verdadeiramente mau para que se possa apontar, mas não há nada de extraordinário que nos impressione. Se a parte disponibilizada é o momento final, e parecendo ele tão apagado, então imagino  como será o resto da atuação... Falta uma explosão de luz, ou uma modificação qualquer do cenário, para tornar sobretudo os últimos segundos bombásticos. Vocalmente, nada a apontar. Quanto ao visual, espero que mudem sobretudo o arranjo do cabelo. Apesar de tudo, presumo que seja uma finalista segura.


          É certo que se trata do primeiro ensaio, e não podemos esquecer que a canção arménia é um rock em balada, mas estava à espera de mais determinação. E sinceramente não me parece que na atuação da semifinal a banda vá mostrar outra atitude... Aqui, o que salva o conjunto é mesmo a voz do vocalista, forte e afinada. O cenário insere-se bem no estilo, por causa dos focos de luz, e o facto de não serem passadas imagens concretas (apenas uma mancha de vermelho) ajuda a diferenciar a performance da Arménia da dos outros países. Vamos ver se não há mais surpresas na manga e se se cumpre o esperado, ou seja, a não qualificação desta canção para a final.


         Confesso que me assustei MUITO quando ouvi ByeAlex a testar o microfone, no backstage, e temi pelo pior. Esta canção, pelo menos em mim, soa-me melhor a cada dia que passa, mas entendo perfeitamente por que outros não gostam. Já no palco, Alex mostrou uma voz mais sólida, embora tendo muito suporte da corista e do guitarrista (de tal forma que se torna complicado distinguir a voz principal naquele conjunto). De um modo geral, sublinho a enorme harmonia vocal. Nota mais do que positiva para o cenário escolhido, que nos ajuda a entender a mensagem da música. Muito original. Não sei é até que ponto será boa ideia projetar a cara de Alex no fim da música. Isso ver-se-á daqui a uma semana.


         Bom ensaio da Noruega! Margaret canta muito bem e isso ficou provado hoje, agora que não tem o suporte gravado como no Melodi Grand Prix. As coristas são uma boa ajuda e vêm completar o espetáculo (gostei da pequena coreografia que fazem; simples mas eficaz). A inclusão do baterista combina com o tom agressivo e quase "metálico" da música, assim como a escolha do cenário. Gostei das cores frias e das suas animações. Em relação ao vestuário, nada a apontar. É o estilo dela e vai ao encontro da canção também. A final está, diria, garantida!


       Fiquei impressionado. Não sou nada fã da canção e não suporto as vozes dos intérpretes (a propósito, a voz que pudemos ouvir hoje não me pareceu nada bem). Gostei imenso da força da atuação. Acho que tem impacto, tem energia e passa qualquer coisa para quem está a ouvir (algo que deveria ser o objetivo da Arménia, até pela mensagem que quer transmitir). O cenário em tons de fogo está muito bem concebido, e isso completa-se com os efeitos de luz, muito bem pensados. Outra boa ideia foi terem usado aquelas plataformas para deixar os músicos mais altos em relação aos vocalistas. Não se torna tão mais do mesmo. Com uns bons planos de câmara acho que pode sair daqui algo bastante decente.


        Fantástico, fantástico! Posso começar logo pelo principal: as vozes. Ambos têm vozes espetaculares que casam muito bem, e não duvido de que vão dar uma das melhores prestações vocais deste ano. A música é forte, em crescendo, e isso propicia a uma performance também ela com impacto. Excelente a parte final da canção. Aquela espécie de fumo em labaredas, seguida da cascata de pirotecnia ("waterfall", afinal de contas...), e o culminar de tudo com as labaredas... brutal. Há quem possa achar que será demais; eu cá creio que assenta que nem uma luva na balada em questão. A escolha do vestuário foi bem feita também, e o único reparo que aqui deixo prende-se com a cor do cenário. Embora o azul se pareça com a água a que o título se refere, sempre idealizei isto em laranja, ou numa tonalidade mais quente. A Geórgia arrebatou-me hoje. Não só está na final como também espreita um lugar nos primeiros lugares.


         Mais uma vez digo... é bom que se estejam a conter, pois caso contrário isto vai ser horrível. Estão bem melhores agora do ponto de vista vocal, mas a atuação parece estar mais murcha do que em dezembro. Esperava outra coisa, algo mais ensaiado e coreografado. Assim ficam dependentes do trabalho da realização; será essa a única forma de a apresentação suíça ter mais vivacidade. Outra coisa de que não gostei mesmo: o cenário. Demasiado escuro e sem um propósito concreto; não passa mensagem, não ajuda a atuação, nem sequer pode ser uma escapatória para o caso de o resto da apresentação ser horrível... Espero urgentes melhorias para o segundo ensaio!


       Trash. Trash. Trash. Mas será possível tornar uma coisa que já era má em algo ainda pior? Preferia que tivessem mantido a atuação da final nacional. Esta, em trinta segundos apenas, já parece muito rebuscada e desinteressante; nem quero pensar como será vê-la por inteiro através da televisão (presumo que a equipa de realização esteja a ter dores de cabeça com a transmissão desta atuação). Acho que há um excesso de vermelho no palco e não sei qual a intenção de colocarem as luzes tão baixas. Houve até um bailarino que acertou nelas. Tirando isso, gostei até da prestação vocal do Cezar, mas também digo que, no meio de tanta barafunda em palco, ele será o último para quem as pessoas vão olhar (porque ouvi-lo será bastante fácil).

Melhor ensaio do dia: Geórgia
Pior ensaio do dia: Roménia

Vídeos: Youtube 09/05/2013

1 comentário:

  1. Romania, amazing show! Shocking, interesting, original, great! The song message: It's a dream, a desire and it's burning like a fire! Cezar, best voice in the contest! Go Cezar! Go Romania!

    ResponderEliminar


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.