ESC 2013: Comentários ao sétimo dia de ensaios




       E hoje ensaiaram os BIG5 e o país anfitirão, a Suécia, pela primeira vez, no sétimo dia de ensaios.
 

       Quando saiu a nova versão desta canção, fiquei um pouco desiludida porque, para mim, foi cortada uma parte importante que contribuía para dar mais emoção ao tema. Neste primeiro ensaio, é possível verificar que não houve grandes mudanças em relação à final nacional: a vocalista dos Cascada provavelmente fará toda a atuação no cimo da escadaria colocada em palco e descerá no final do tema. Apesar de ser uma apresentação em palco diferente, penso que limitará um pouco o movimento necessário para um tema dance como este! O cenário está bonito, com alusões a espaços noturnos de dança. A chuva de fogo no final também está bem conseguida. Relativamente à indumentária, melhorou desde a final nacional: este vestido tem mais a ver com o tema, é mais leve e solto. Falta aqui a participação de uns bailarinos. Uma canção como esta pede muito mais ritmo, por isso acho insuficiente estarem só três elementos em palco (um intérprete e dois back vocals). 



       A forma como esta performance irá ser apresentada já era previsível. El Sueño de Morfeo são uma banda, com vários instrumentos em palco, mas esperava um pouco mais de emoção. No entanto, penso que como ainda é o primeiro ensaio, ainda não libertam toda a energia necessária para esta música. O cenário está totalmente relacionado com a letra desta canção, sendo alusivo ao universo, com estrelas e com cores do céu e da noite. Raquel faz bem em se mover durante a atuação, utilizando a área do palco, para que tudo se torne mais fluido. Contudo, apresentou-se um pouco simples: a sua roupa deveria ser mais trabalhada: talvez um vestido mais arrojado e um salto alto (que ficam sempre bem numa mulher bonita). Quanto à sua voz, parece-me estar bem colocada. O meu medo era que, como é uma voz um pouco apagada, não sobressaísse no instrumental. Isso não aconteceu na parte mais aguda da canção, veremos no segundo ensaio como se sairá quanto ao resto. 


       Ainda não consegui compreender muito bem o que se irá passar em Malmö quando a França subir em palco. Amandine utilizará este vestuário? Vai apresentar-se com este cabelo despenteado? Deu um ar um pouco desleixado. Este ensaio não deu para ver muita coisa: já percebemos que irá ser uma atuação simples: só ela e os vocals. Esperava um cenário obscuro, mais elementos (materiais também) em palco, e não apenas um cenário em tons de vermelho que lembra o fogo, relacionado com o inferno. Quanto à voz, não haverá percalços: nos bastidores, Amandine deixou transparecer a sua garra e está segura de si. Estou expectante quanto ao segundo ensaio, para ver se tiro estas dúvidas e verificar se haverá mudanças suficientes que salvem esta atuação.



       É impossível não soltar um sorriso quando vemos o vídeo deste primeiro ensaio de Marco Mengoni: as suas calinadas no inglês, a sua forma de estar em palco e a sua simpatia. E tivemos o privilégio de ver a green room! Sou muito suspeita para falar desta canção, porque a acho mesmo muito bonita. Para esta atuação, tinha certezas que não havia necessidade de muito: a presença de Marco e a melodia intimista seriam suficientes para sair daqui uma boa performance. No entanto, sinto que falta qualquer coisa: talvez um cenário mais elaborado, pois apenas tons de azul está simples de mais. Falta vento ou fogo ou fumo, ou qualquer outro elemento que torne esta atuação mais completa. 



       No vídeo deste primeiro ensaio, Bonnie fala de Portugal! Que bom ouvir essa palavra numa edição em que o nosso país não irá estar presente! Ela é muito simpática, tem um à vontade enorme e nota-se que é querida pelo público.  Quanto à sua atuação, pessoalmente não aprecio muito a sua voz, mas não tenho dúvidas que a sua experiência de palco vai contribuir para fazer uma boa performance. Esperava um cenário mais relacionado com o vídeo oficial: uma praia, ou o mar de fundo estaria mais relacionado com a letra da canção. No entanto, não desgosto deste, pois atribui muita cor e movimento à atuação. Também não foi mau pensado colocar uma banda a acompanhar Bonnie. Dá um ar de profissionalismo, totalmente relacionado com o sucesso desta cantora e da música em geral no seu país (em Inglaterra a industria musical é muito valorizada e existe muito o conceito de grandes bandas). Gostei da elevação do palco, na parte final. Faria com que a atuação terminasse em êxtase. Mas não é isso que acontece, pois não existe uma nota mais prolongada ou aguda para dar sentido a este elemento.



       Tal como é habitual, a Suécia não muda muito a forma de apresentação em palco das suas performances. A indumentária e os bailarinos são os mesmos e a roupa de Robin, apesar de ser diferente, está igualmente original e fora do comum. Acredito que a coreografia se mantenha, o que faz todo o sentido. O que não me pareceu muito vantajoso foi a introdução de uma elevação para Robin, pois poderá fazer com que os bailarinos não interajam tanto com ele e que fiquem um pouco à parte. Penso que um palco totalmente nivelado ficaria melhor. Concordo que Robin também merece algum foco, mas assim, o trabalho dos bailarinos pode sair prejudicado. Senti falta da chuva de fogo na parte mais aguda da canção. Parece que no meio das cores vermelha e preta predominantes no cenário, surgem ali umas luzes amarelas imitando uma espécie de faísca, mas o momento da atuação pede mais intensidade nesse aspeto.  Espero que haja mais elementos de luminosidade ao longo da canção para contrastar com este fundo de cores escuras. 

Melhor ensaio do dia: Itália
Pior ensaio do dia: França

Vídeos: Youtube
12/05/2013

1 comentário:

  1. Favoritismo completo para com o Marco, o ensaio de França foi muito melhor que o da Itália e assim os restantes!

    ResponderEliminar


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.