Entrevista a... Rui Bandeira



RUI BANDEIRA - REPRESENTANTE PORTUGUÊS NO FESTIVAL EUROVISÃO DA CANÇÃO 1999


Contente pela decisão da RTP em voltar ao Festival Eurovisão da Canção 2014, Rui Bandeira pondera participar como autor - apesar de considerar que muitas coisas têm de ser modificadas no seio do Festival da Canção.

       Rui Bandeira tem 40 anos, começou a cantar num coro de igreja evangélica aos quinze. Só se deu a conhecer ao público português com a sua participação no Festival da Canção, onde ganhou e representou Portugal na Eurovisão. Hoje é um dos artistas portugueses que mais vendem, e também um dos mais adorados.




Foi em 2013 que a RTP decidiu desistir do Festival Eurovisão da Canção por motivos económicos. No dia 7 de novembro, a emissora revelou que vai voltar ao certame. Concorda com esta decisão?

"Concordo plenamente com esta decisão! Fico feliz em saber que a RTP voltará a participar na Eurovisão. Agora também acho que deverão ser mais criteriosos na seleção das canções que eventualmente nos poderão representar!"

O Festival já não é o que era? Que erros fatais predominam para haver uma estagnação do sucesso antigo? Terá a RTP de investir mais no Festival e na Eurovisão? O que deve ser feito de diferente?

"Na minha opinião, existem vários factores para o insucesso das nossas prestações na Eurovisão! Começa logo pelo apoio e marketing à volta da canção e do artista que nos representa! Antigamente só concorriam vinte e poucos países, atualmente são o dobro os países participantes o que implica ser bastante competitivo e mais difícil de sobressair! Existe também o factor linguístico, que faz com que a maioria dos países participantes cantem em Inglês e não nas suas línguas oficiais. Temos de mudar mentalidades e percebermos que, na Eurovisão, e a cantarmos em Português, dificilmente obteremos uma boa classificação. Com isto não quero dizer que concordo, pois acho que cada país deveria de cantar na sua língua oficial. Por último, e talvez o mais importante, seja o facto de a partir do ano em que participei, se tenham aberto o televoto o que condicionou em muito a veracidade dos resultados finais. Para se ter sucesso na Eurovisão tem de haver investimento da RTP, a vários níveis! "



A seu ver, qual seria o melhor modelo de selecção: escolha interna ou festival da canção? E porquê? Quanto às escolhas internas: que artista ou estilo musical acha que a RTP deveria escolher?

"Sou contra a escolha interna. Acredito mais no modelo do Festival da canção, mas muito mais modernizado! Se repararmos ano após ano, a Eurovisão da Canção é um misto de canções, coreografias, cenário, produção, etc... E por vezes se perde a própria qualidade das canções! Hoje em dia, parece que é mais importante o que se passa através da imagem do que a qualidade das músicas! Mas isto é a modernidade, e se queremos estar lá temos de nos actualizar para que nos vejam de uma outra forma!
Por último, devíamosdar oportunidade aos entendidos no sector (Júri Distrital) de se pronunciarem e elegerem a canção que melhor nos pode representar. Sou contra a votação telefónica, pois acho que essa pode ser manipulada e serve apenas para a estação ganhar uns milhões de euros."


Se a RTP optasse pela realização de um festival, aceitaria concorrer? Já tem tema preparado?

"Atualmente, não me vejo a participar novamente no Festival da Canção, pelo menos como artista. Talvez como Autor! Acho que devemos revelar novos talentos, como aconteceu comigo há 15 anos atrás!"


Deve-se continuar a apostar na língua nativa, ou seguir a tendência dos outros países? Porquê?

"Aqui em Portugal acho que deveríamos cantar em Português, pois é a nossa língua oficial. No entanto, na Eurovisão, e porque acho que o evento nada tem a ver com o nosso Festival, deveríamos cantar na língua em que a maioria canta, que é o inglês! Acho injusto a maioria dos países cantar em inglês e nós na nossa língua!"

Quais os ingredientes secretos para se fabricar uma música eurovisiva?

"Não existem segredos secretos! Basta seguir as tendências internacionais do momento!"


Quais são os seus projectos para o futuro?

"Os meus projectos num futuro imediato são vários! Em primeiro lugar os meus concertos, pois é disso que vivo. Depois estamos a preparar, para o início do próximo ano, um grande espectáculo comemorativo dos meus 15 anos de carreira, bem como um CD de 15 anos com vários sucessos e talvez 3 temas inéditos!"


Quer desejar uma mensagem aos fãs eurovisivos e aos leitores do blogue?

"Quero, em primeiro lugar, agradecer a vossa amabilidade em se lembrarem de mim e desejar a todos os fãs eurovisivos que não percam a esperança, pois um dia acredito que Portugal poderá vencer a Eurovisão, e fazermos eventualmente no MEO Arena, em Lisboa, um dos melhores Festivais da Eurovisão de sempre! Agora...a nossa RTP terá de trabalhar arduamente nisso! Um abraço a todos!"

Imagens: Google/Vídeos: Youtube
15/11/2013

1 comentário:


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.