[Exclusivo] Entrevista a Madalena Trabuco (FC 2014)





Crónicas de Eurofestivais: Como começou o seu percurso pelo mundo da música?
Madalena Trabuco: Comecei a escrever as minhas primeiras canções com 16 anos, nessa altura a letra era portuguesa. Integrei várias bandas com influências world, reggae em França e mais tarde em Portugal (2002). Ao meu regresso à França abri o meu repertório à pop soul e bossa com vários compositores que encontrei. Em 2010 a difusão da música “Respectez-moi” (Respeitar a Terra), que fala do respeito da natureza, conheceu muito sucesso nas rádios francesas.  Levou-me a assinar com a editora Warner França com quem trabalhei durante dois anos para defender o meu primeiro álbum “L’invitation au voyage” (O convite à viagem). Nesse álbum podemos ouvir o lindo duo com a Maria de Medeiros na canção “Porto em Setembro”. Tive a oportunidade de fazer a primeira parte da Anggun, cantar em duo com Tony Careira na festa dos santos populares perto de Paris... e muito mais. Estou agora na criação do meu novo álbum que será, como o primeiro, Luso-francês.

CE: Costuma acompanhar o Festival da Canção e o Festival Eurovisão da Canção?
MT: Nestes últimos anos tenho acompanhado alguns. Lembro-me muito bem da linda Liana que cantava “Sonhos mágicos” no festival RTP em 2000  ou da voz poderosa da Vânia Fernandes no Eurofestival da Eurovisão em 2008. Lembro-me também da parte francesa com Amori Vassili ou Anggun. São programas que não faltava na minha infância acompanhada dos meus pais. Deleitávamo-nos de ver os artistas que representavam Portugal.

CE: Se tivesse de escolher uma participação eurovisiva como sua predileta, qual seria?
MT: Sou muito sensível com as energias das pessoas. Preciso encontrar, sentir empatia para poder colaborar artisticamente. Volto a responder durante o Festival.

CE: Como encara o nosso atual processo de seleção do Festival da Canção?
MT: Na noite 8 de março o último voto anula o anterior. Acho bem que o público reflete e determine quem deve ser finalista. Estamos todos expostos a erros e dúvidas.

CE: O que a levou a concorrer ao Festival da Canção 2014?
MT: O José Cruz, um amigo humorista, apresentou-me o grande Tozé Santos dos Per7ume. A empatia foi tão grande que o Tozé, convidou-me para interpretar a canção n°9 “Coração de filigrana” para o Festival da Canção. Quando ouvi a canção aceitei com evidência a proposta.

CE: Como descreveria o seu tema, “Coração de Filigrana”?
MT: É uma canção autobiográfica. No entanto, a letra refere-se também a milhões de portugueses ou luso-descendentes que vivem essa peregrinação pelo estrangeiro... O estilo musical é pop.

CE: Como tem sido trabalhar com TóZé Santos?
MT: Eu moro em Paris, por enquanto correspondemos e partilhamos o trabalho à distância. Vou nestes próximos dias para Portugal para ensaiar-mos.

CE: O que podemos esperar de si no Festival da Canção 2014? Alguma surpresa planeada?
MT: A canção “Coração de filigrana” é universal, com muita emoção. Só posso dizer que vai haver uma orquestra que vai acompanhar-me com um grande e famoso músico. Não posso dizer mais, é uma surpresa.

CE: Se conseguisse chegar ao palco da eurovisão, em que aspectos apostaria mais?
MT: Com “Coração de filigrana” podemos entrar no coração do mundo inteiro, a melodia é fantástica, a emoção é muito forte. É uma canção universal.

CE: Sabendo a difícil semifinal em que Portugal está inserido, quais as suas expectativas referentes às nossas hipóteses de qualificação para a final?
MT: Como sabem a qualificação para a final é determinada por um júri da Dinamarca, França e Espanha. Se for eu a representar Portugal espero que na França, país onde nasci e vivo neste momento, haja a vontade de ver uma artista luso-francesa na final.

CE: Acredita numa vitória portuguesa no ESC, ou considera tal ideia como uma utopia?
MT: Claro que acredito. É com desejos positivos que realizamos os nossos sonhos.

CE: Quer deixar alguma mensagem aos eurofãs portugueses?
MT: Caros eurofãs portugueses, estou muito feliz por esta linda oportunidade que me é oferecida de participar no Festival da Canção 2014. Espero encantar as pessoas em Portugal e pelo mundo fora. Desejo que esta aventura me permita também ir ao vosso encontro com futuros concertos. Agradeço desde já a todos os que me vão apoiar. Sigam-me em: https://www.facebook.com/madalenatrabucoeurovision


Imagem: Facebook oficial de Madalena Trabuco
27/02/2014

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.