[Exclusivo] Entrevista a Zana (FC 2014)



Crónicas de Eurofestivais: Como começou o seu percurso pelo mundo da música?
Zana: Começou muito cedo num programa da Rádio Renascença chamado “Lugar aos Novos” conduzido pelo Sr. Fernando de Almeida. Muitos nomes da música passaram por lá. Depois disso participei em muitos concursos de música que deram origem a convites para trabalhar em televisão em programas da Teresa Guilherme, Filipe La féria, entre outros. Ganhei também a Grande Noite do Fado e gravei dois discos... Não parei graças a Deus!!! 

CE: Costuma acompanhar o Festival da Canção e o Festival Eurovisão da Canção?
Zana: Costumo desde pequena. É sem dúvida uma referência da televisão portuguesa e um marco da história da música no nosso país.

CE: Se tivesse de escolher uma participação eurovisiva como sua predileta, qual seria?
Zana: Não consigo... acreditem!! Talvez tenha uma preferência por algumas que juntam a tradição com outras sonoridades. Adoro a fusão de estilos musicais, e por várias vezes que as canções vencedoras cumpriram na generalidade este requisito.

CE: Como encara o nosso atual processo de seleção do Festival da Canção?
Zana: Nada a dizer. São as regras e são iguais para todos.

CE: O que a levou a concorrer ao Festival da Canção 2014?
Zana: Já era algo que queria repetir e não tinha havido oportunidade ou sequer convite. Este ano proporcionaram-se as duas. Ficarei para sempre agradecida ao Jan Van Dijke e ao Paulo Abreu de Lima a confiança para defender a sua canção num Festival tão representativo como este que comemora os 50 Anos do Festival RTP da Canção. Somos uma equipa de força e boa energia.

CE: Como descreveria o seu tema, “Nas Asas da Sorte”?
Zana: O meu tema sou eu, da cabeça aos pés. Tem a tradição tem a actualidade, e tem a atitude no tom perfeito. Um poema muito bonito. Não posso querer mais...

CE: Como tem sido trabalhar com Paulo Abreu Lima e Jan VanDijck? 
Zana: Tranquilo mas a mil à hora pois não queremos que nada fique ao acaso e não queremos de todo descurar os pormenores... Se bem que o mais importante está no ponto que é a música.

CE: O que podemos esperar de si no Festival da Canção 2014? Alguma surpresa planeada?
Zana: Precisamente surpreender toda a gente com a minha música e a minha Interpretação. Mostrar às pessoas a razão de ter escolhido esta profissão e de lutar por ela há já alguns anos.

CE: Se conseguisse chegar ao palco da eurovisão, em que aspectos apostaria mais?
Zana: Elevar a fasquia, sem dúvida. Se lá chegar prometo ser algo inesquecível, pois tenho a meu lado uma equipa de criativos de topo.

CE: Sabendo a difícil semifinal em que Portugal está inserido, quais as suas expectativas referentes às nossas hipóteses de qualificação para a final?
Zana: Sei que nada é garantido, mas tenho a consciência e a realidade da canção que tenho que  é fortíssima e ter no meu ponto de vista todos os ingredientes necessários para passar à Final e marcar uma forte presença sem dúvida.

CE: Acredita numa vitória portuguesa no ESC, ou considera tal ideia como uma utopia?
Zana: Claro que sim. Somos tão capazes como os outros.

CE: Quer deixar alguma mensagem aos eurofãs portugueses?
Zana: O meu Obrigado a todos pelo carinho, pelo apoio e que prometo dar tudo para que este Festival fique inesquecível. 


Imagem: Facebook oficial de Zana
27/02/2014

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.