E Foi Por Pouco... 2 - Joni, Samanta Tina, Linda Bengtzing, Daniel Testa e Dima Bilan & Julia Volkova





JONI – "WATERFALL"
9º lugar na primeira semifinal do A Dal 2014

       Compreendemos a razão de "Waterfall" não ter ido à final: Joni não faz jus à canção estupenda que tem em mãos, pelo menos ao vivo. Ao estúdio, a música, além de ser muito moderna e radiofriendly, poderia trazer um bom resultado à Hungria - no entanto, não foi a melhor deste ano do país, já que a vitória foi bem entregue a Kallay Saunders András. Apesar deste detalhe, a música tem um ótimo instrumental e a letra é completamente satisfatória, consoante o que tem sido feito ultimamente no mercado musical. Se os fãs húngaros quisessem "Waterfall" na Eurovisão, precisariam de uma artista com mais segurança vocalmente e com uma atuação rebuscada. É triste ver que coisas poucas foram feitas para distinguir a música de todas as outras canções a concurso. Além de triste, é revoltante ver uma das nossas canções favoritas deste ano ser arrasada completamente ao vivo... 





SAMANTA TINA - "STAY"
3º lugar no Dziesma 2014

       Apesar de ser uma proposta menos apelativa que a do ano passado, "I Need A Hero", Samanta Tina continuou a ser a concorrente em competição, este ano, com mais potencial para o palco eurovisivo. Já lhe negaram por três vezes a vitória, sendo ela a grande favorita. Se fossemos a ela, mudaríamos de país e concorríamos a outra final nacional. Se isso acontecesse, Samanta Tina já tinha ganho e já teria ido à Eurovisão, com toda a certeza. É triste ver canções como este "Stay", com uma batida forte e bem trabalhada em estúdio, que seja superada por músicas mais fracas, como a vencedora. Por mais que tente, só ganha músicas sem nexo na Letónia - cada vez acreditamos mesmo que os letãs não têm noção da música que se faz atualmente. "Stay", além de ser uma boa e moderna proposta, alia uma forte atuação com a belíssima voz, e tecnicamente perfeita, de Samanta Tina. 




LINDA BENGTZING – "TA MIG"
5º lugar na quarta semifinal do Melodifestivalen 2014

       Para os mais atentos ao Melodifestivalen, é sabido que Linda Bengtzing já faz parte da mobília. Na 5ª vez em que participa no certame, interpretou "Ta Mig", uma música pop rock, contrastante com o pimba sueco que enviou anteriormente. Vê-se que a cantora vive para o Melodifestivalen, sendo que não seria esperada uma vitória, pois o hype está direcionado para outras canções, mas sim uma passagem para a final, ou, em segundo caso, para o second chance, nem que fosse pelo reconhecimento que já tem neste evento. Eis que nem uma coisa, nem outra. Linda ficou-se pelo 5º lugas - atrás de músicas medíocres, que nada valeriam na Eurovisão. Nota-se que a Linda dá tudo o que tem em palco, e esta interpretação foi reflexo disso, uma performance que não foi digna do lugar que teve. Ainda que não nos pareça que Linda vá desistir, é injusto para uma artista como ela ter de lidar com esta situação de negação tantas vezes.



DANIEL TESTA – "ONE LAST RIDE"
2º lugar no Malta Eurovision Song Contest 2014

       Daniel Testa não é novato nestas andanças, dado que já representou o seu país no JESC, em 2008. "One Last Ride", canção escolhida para tentar ganhar o passaporte para Copenhaga, é uma música diferente, que engloba em si um instrumental étnico, assim como ritmos da música pop atual. Pode não ser uma música bem aceite à primeira audição, por mudar de ritmo abruptamente, mas é certamente uma música com qualidade, com uma boa apresentação em palco, que seria, como óbvio, melhorada, e que faria, certamente, um brilhante espectáculo na Eurovisão. Achamos que, pior do que não ganhar o Malta Eurovision Song Contest, é perder para uma canção daquelas, como a escolhida para representar Malta em 2014. É, sem dúvida, uma grande canção que podia ir longe.



DIMA BILAN & JULIA VOLKOVA - "BACK TO HER FUTURE"
2º lugar no Evrovidenie 2012

       É caso p'ra dizer: quando se juntam as duas maiores bombas musicas russas dos últimos anos, o resultado não poderia ser pior que fabulástico. Dima Bilan venceu a Eurovisão, e Julia Volkova esteve perto disso com o seu grupo T.a.T.u. "Back To Her Future", a música que juntos defenderam, coloca a Rússia na mesma posição que os Estados Unidos da América fazem hoje em dia - recordamos que são os números um no mercado, e a Eurovisão precisa de números um, também. Os vocais são fantásticos, a atuação foi completamente estudada e, com tantos planos de coreografia e de câmaras, os dois mostraram ser os profissionais que são e ainda transmitiram emoção para a audiência. 2012 estava destinado a ser o ano de Loreen, no entanto não nos chocaria que isto ficasse na mesma posição que as Buranovskiye Babushki conseguiram: o 2º lugar. Foi um desperdício os russos não terem apostado nestas bombas, que não devem voltar tão cedo à competição...



Videos: Youtube
01/03/2014


Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.