[EXCLUSIVO] Entrevista a Gonçalo Tavares: 'a canção é mágica'




A uma semana de pisar o palco do Festival da Canção, Gonçalo Tavares, intérprete de "Tu tens uma mágica" revelou ao Crónicas de Eurofestivais que acredita que o seu tema se enquadra no que é pretendido no Festival Eurovisão da Canção.

Gonçalo Tavares, intérprete do tema "Tu tens uma mágica", que irá participar na primeira semifinal do Festival RTP da Canção 2015, afirma que está com boas expectativas com a edição deste ano e com a proposta que vai defender. O cantor já participou no Festival da Canção três vezes: em 1984 com a Banda Tribo, em 1988 e em 2010.



Crónicas de Eurofestivais (CE): O que a levou a aceitar o convite para concorrer ao Festival da Canção 2015?

Gonçalo Tavares (GT): Aceitei o convite da RTP porque o Festival da canção é, neste país, o evento que mais apoia a criação musical. Trata-se de um festival de canções originais e não de um qualquer karaoke, e isto marca toda a diferença.

CE: Como descreveria o seu tema, "Tu tens uma mágica"?

GT: Um tema mágico.

CE: Considera que o facto de ser simultaneamente compositor e interprete é de uma vantagem?

GT: De forma nenhuma, tenho três vezes mais responsabilidade que os outros.

CE: O que podemos esperar de si no Festival da Canção 2015? Alguma surpresa planeada?

GT: A grande surpresa só pode ser uma grande interpretação de uma grande canção. 

CE: Se conseguisse chegar ao palco da Eurovisão, em que aspetos apostaria mais?

GT: Os mesmos que cá, não tenho duas medidas, apenas uma que é a da qualidade vocal e musical.

CE: Quais as suas expectativas referentes às nossas hipóteses de qualificação para a final eurovisiva?

GT: Sinceramente, acho que boas. 



CE: Como começou o seu percurso pelo mundo da música? O que mais a marcou ao longo da sua carreira musical?

GT: Aos 10 anos ganhando um prémio na gala dos pequenos cantores. Nessa altura já tocava o "Let it be" dos Beatles ao piano.

CE: Como encara o nosso atual processo de seleção do Festival da Canção? Se pudesse mudar alguma coisa neste processo, o que seria?

GT: O processo de seleção está correto, o que mudava era a forma de votação. Teria um júri presente na sala formado por 4 músicos  e produtores de renome e o voto telefónico poderia votar uma vez e não milhares. A verdade é fundamental de forma a ser escolhido o melhor.

CE: Costuma acompanhar o Festival da Canção e o Festival Eurovisão da Canção?

GT: Sim.

CE: Se tivesse de escolher uma participação eurovisiva como sua predileta, qual seria?

GT: Johnny Logan com "What's another year".


CE: Qual foi para si a melhor canção portuguesa de sempre na Eurovisão?

GT: Poderia enumerar algumas do paulo de carvalho, José cid ou mesmo os Flor de lis.. Há inúmeras canções muito boas.

CE: Acredita numa vitória portuguesa no ESC? Se sim, o que é preciso fazer para a alcançar?

GT: Claro que sim, já vi coisas mais difíceis acontecerem. A fórmula passa por transversalizar a canção. Há uma linguagem universal que é a da melodia, do ritmo e da mensagem.

CE: Quer deixar alguma mensagem aos eurofãs portugueses?

GT: Quero muito agradecer a todos a capacidade de amar este evento ao longo do tempo e gostava muito de lhes dedicar a canção "MÁGICA" que escrevi.

Imagem: Google/Vídeos: GonçaloTavares
 28/02/2015

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.