[EXCLUSIVO] Entrevista a Yola Dinis: 'um tema que fala do preconceito'




A intérprete de "Outra vez primavera" revelou ao Crónicas de Eurofestivais que a sua canção transmite a multiculturalidade lisboeta e portuguesa.

Yola Dinis, interprete da canção "Outra vez primavera" que subirá ao palco do Festival da Canção na próxima terça-feira, é conhecida do público pela sua participação no Chuva de Estrelas em 1999. Participou no musical "Amália" de Filipe La Féria e já subiu ao palco do Festival "Caixa Alfama".


Crónicas de Eurofestivais (CE): O que A levou a aceitar o convite para concorrer ao Festival da Canção 2015? 

Yola Dinis (YD): A razão que me levou a aceitar o convite para concorrer ao festival foi o facto de ser um orgulho e um prazer enorme participar num evento tão importante no nosso país, e é a cereja no topo do bolo cantar uma música dos Nunos.

CE: Como descreveria o seu tema, "Outra vez primavera"? 

YD: "Outra vez Primavera" é uma mensagem muito profunda! É um tema que fala do preconceito, mas de uma forma muito poética, o Nuno quando escreveu o tema foi simplesmente a pensar em mim, a pensar numa das coisas que mais me indigna (preconceito), pois eu sofro diariamente com isso pelo facto de ser obesa, tenho amigos que sofrem por serem homossexuais, outros por terem alguma deficiência, amigas que sofrem pela perda de um seio devido ao cancro, ou seja, sempre que alguém é diferente, vejo pessoas a rir, a maltratar a humilhar!!! Isso deixa-me doente!! Mas não somos todo diferentes?! Não somos clones!! Para mim o que conta no ser humano é o carácter, o coração bom!! O Nuno pôs esse meu sentimento em poema!! Mas o poema também diz que o amor é tão forte que supera isso tudo! Sou realmente uma mulher amada, pelo meu marido, minha família e pelos meus amigos, até pelos meus bichinhos, pois também eu sou uma mulher cheia de amor!!
O estilo de música, vou deixar as pessoas ouvirem e elas me dirão que tipo de música é!

CE: Como tem sido trabalhar com o Nuno Feist e o Nuno Marques da Silva? 

YD: Trabalhar com o Nuno Feist e com o Nuno Marques da Silva é maravilhoso, pois eles são seres humanos maravilhosos, tenho momentos de grandes risadas, mas momentos de emoção! Simplesmente adoro os dois! A diferença que esta música tem das outras é que foi feita a pensar em mim, no meu coração, na minha alma, na minha voz!


CE: O que podemos esperar de si no Festival da Canção 2015? Alguma surpresa planeada?

YD: Eu própria! Pois sou fadista, e vivo do fado! Eu serei a surpresa! Quando ouvirem vão perceber.

CE: Se conseguisse chegar ao palco da Eurovisão, em que aspetos apostaria mais?

YD: A minha mÚsica tem tudo para estar na eurovisão! É linda, muito bem feita em tudo e tem uma grande mensagem, a composição é espectacular, e eu sinto-a com toda a minha alma!!

CE: Quais as suas expectativas referentes às nossas hipóteses de qualificação para a final eurovisiva?  Acredita numa vitória portuguesa no ESC? Se sim, o que é preciso fazer para a alcançar?

YD: Estou muito confiante, pois enquanto há vida, há esperança! Portugal merecia! Há lá povo mais hospitaleiro e generoso que o nosso? Portugal tem tanta qualidade musical ou mais que os outros países, somos únicos! O exemplo do Fado, é adorado em todos os cantos do mundo! Vejo isso diariamente no "Café Luso" onde canto, fica tudo encantado com a maneira como cantamos interpretamos e tocamos, e como os recebemos.

CE: Como começou o seu percurso pelo mundo da música?

YD: Comecei a cantar muito novinha, tinha 6 anos. O meu pai cantava num grupo de baile, eu gostava de ir com ele e um dia deu-me na cabeça de subir ao palco e pedir para cantar com ele. Nunca mais parei. Fui subindo devagarinho os degraus!

CE: Costuma acompanhar o Festival da Canção e o Festival Eurovisão da Canção? 

YD: Costumo ver sempre! Por vezes vejo na Net em directo ou gravo, pois dá sempre a horas que estou no "Café Luso".

CE: Qual foi, para si, a melhor canção portuguesa de sempre na Eurovisão? 

YD: Gostei de muitas! Temos realmente excelentes talentos e músicas muito boas.


CE: Como encara o nosso atual processo de seleção do Festival da Canção? Se pudesse mudar alguma coisa neste processo, o que seria?

YD: Gostava muito mais se fosse como antigamente!

CE: Queres deixar alguma mensagem aos eurofãs portugueses?

YD: Peço aos portugueses para escutarem esta música com o coração, que sintam a melodia com a alma, que sintam as palavras como água fresca da fonte, pois todos nós desejamos que a Primavera regresse e que o amor floresça sempre!!

24/02/2015
Vídeos: fernando11313/Imagens: Facebook Yola Dinis

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.