ESC 2016: comentários às indumentárias dos BIG 5 e do país anfitrião


Nem sempre as escolhas são felizes! Este é o caso da representante da Alemanha. Com um estilo alternativo, e com uma versão "infantilizada" de indumentária, acaba por não conseguir contribuir para a presença que o tema pede. Contudo, gosto bastante da postura da participante alemã, da sua forma de agir e de encarar todo o certame. Pessoalmente, o tema é um dos meus favoritos e... acreditei até ao último momento que este país poderia apostar num novo guarda-roupa para a intérprete.


Numa só expressão, digo que a indumentária não é nada de especial. Algo muito simples, pouco elaborado e que se pode comprar numa qualquer loja que se encontra num shopping - e em época de saldo! Esperava mais deste país, esperava mais de uma intérprete que prima pela sua capacidade de ser diferente, pela ousadia de pela primeira vez levar um tema, totalmente, em inglês ao certame. Mas... (como há sempre um mas), acredito que não seja esse um dos impeditivos da Espanha alcançar este ano uma melhor posição. 

O que dizer? A França aposta (mais uma vez) no seguro e leva um conjunto simples, e bastante "clean". Numa interpretação bastante solitária, por parte do intérprete, acho que era preciso algo mais marcante, de algo que desse presença num palco tão grandioso - como o palco da Eurovisão. A título pessoal, toda a apresentação da França este ano foi um balde de água fria, visto que depositava grandes esperanças neste país. 


A Itália, por sua vez, não me desiludiu. Muito pelo contrário! A completar uma indumentária simples e chamativa junta-se um cenário que penso que pode favorecer todo o tema. Algo diferente, nada de efeitos visuais. de grandes grafismos, nem de grandes tecnologias - que já se tornam repetitivas e enfadonhas. Este país veio apostar numa atuação mais minimalista, e o que isso veio acrescentar? Na minha opinião, tudo! A simplicidade, por vezes, compensa.


O Reino Unido, por sua vez, não acrescenta nada de novo. Olho para o visual e nada prima, nem pela originalidade, nem pela criatividade. Vejo algo simples, capaz de encontrar numa qualquer loja - até naquelas em segunda mão. Mas... também não se podia pedir muito mais, num tema que por si não é nada de especial, nem nada que valha a pena ficar marcado nas nossas mentes, e no nosso ouvido. Contudo, não desgosto, mas sei que não é algo cativante, para um certame que tanto aposta no visual.


Juntando a uma interpretação fraca, nada melhor do que uma indumentária pobre, fraca e desajeitada. Se a Suécia quer descartar a possibilidade de uma segunda vitoria consecutiva, esta é a melhor forma! Pessoalmente, acho a escolha deste ano a pior dos últimos temos deste país, e para agravar tudo isso, colocam algo sem sal, algo que não prende a visão, algo que não se torna original. No ano passado tanto deram, e este ano? Dão-nos uma pobreza - a todos os níveis. 

Melhor indumentária: Itália
Pior indumentária:  Alemanha

Imagens: Eurovision.tv
13/05/2016

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.